Feio Terenas na Academia Sénior da Covilhã

Feio Terenas na Academia Sénior da Covilhã

Regina Gouveia e Sandra Terenas, autoras da biografia “Feio Terenas, O Idealista Convicto”, vão dar uma conferência sobre esta figura da 1.ª República Portuguesa na Covilhã.

O encontro terá lugar na Academia Sénior da Covilhã na próxima sexta-feira, dia 4, ao final da tarde.

Dia Mundial do Livro

Dia Mundial do Livro

"The Island"

À venda no Google Books e nas Livrarias Cultura

Ao Bardo Druida - capa

À venda em Bubok.pt

"Dívida de Honra"

À venda em Bubok.pt

"Pequenas Histórias para Entreter"

À venda em Bubok.pt

"A Fadinha da Asa Partida"

À venda em Bubok.pt

"A Casa do Zu e da Lu"

À venda em Bubok.pt

“My Dream of Eternity”

“Don’t let schooling interfere with your education.”
Mark Twain

“My Dream of Eternity”

I would spend eternity like this

Weaving through the darkness of my eyes
The bright light of yours
Turning a sweet touch
In the most sacred of moments
Joining the river that runs through my veins
In the boiling lava that inhabits yours
I would spend eternity like this

Protecting your soft breath
From the storm emanating from mine
Entangling your dewy smile
In the trade winds that controls mine
Shaping the dawn of your dermis
With the twilight of my
I would spend eternity like this

Planting the mist of your hair
In the deep of my moor
Reaping with my hands
The happy humaneness of yours
Raising a temple in your body
With the sweet clay that is mine
I would spend eternity like this

Ao Bardo Druida

To Bardo Druida

de / by

Luz de Lisboa

Feio Terenas

Feio Terenas – O Idealista Convicto

Título: Feio Terenas – O Idealista Convicto
Autor: Regina Gouveia / Sandra Terenas

Género: Ensaio

Pág.: 212

ISBN:978-989-667-105-1

Sobre Feio Terenas pouco se sabia. Para escrever esta biografia foi certamente preciso confrontar depoimentos contraditórios e possivelmente rever o que se conhecia sobre o biografado, à luz das fontes obtidas.
“Feio Terenas – O Idealista Convicto” constitui uma obra fundamental para o conhecimento deste ilustre republicano. A sua actividade política, a sua relevante acção na Educação e na Cultura, na Maçonaria, e o seu papel no Jornalismo, são aqui profundamente divulgados, fruto de uma profunda, cuidada e entusiástica investigação das autoras.

Jorge Trigo
Do Prefáci
o

Natural de Lisboa, onde nasceu em 1970, Sandra Terenas iniciou a sua carreira na imprensa em 1992, uma vez concluída a formação técnico-profissional em jornalismo e paginação electrónica.
O seu primeiro ano de estágio foi realizado num semanário dedicado às comunidades portuguesas residentes no estrangeiro, do qual saiu para integrar, inicialmente, uma revista mensal orientada para o sector da construção civil e obras públicas, que mais tarde viria a evoluir para um jornal semanário do mesmo teor, para o qual trabalhou durante 17 anos.
A paragem forçada que a sua carreira de jornalista sofreu permitiu-lhe dar um novo impulso à carreira como escritora que, na realidade, começou ainda na adolescência.
Tem dois romances de ficção publicados, “A Ilha” e “Dívida de Honra”, uma colectânea de contos, “Pequenas Histórias para Entreter”, um livro de poesia, “Ao Bardo Druida”, todos sob o pseudónimo de Luz de Lisboa, bem como dois livros infantis, “A Fadinha da Asa Partida” e “A Casa do Zu e da Lu”, com o pseudónimo de Fada Madrinha.
Actualmente, está a escrever um novo romance de ficção, ainda sem título, e a ultimar uma saga dedicada aos mais pequenos, “O Segredo do João”, estando ainda a desenvolver o trabalho de investigação que servirá de base a dois livros, um sobre a história da freguesia de Penha de França (em Lisboa) e outro sobre as figuras tradicionais dos Caretos.
O presente livro dedicado a Feio Terenas é a sua primeira aventura no campo das biografias.

Nascida a 6 de Outubro de 1961, Regina Gouveia iniciou uma carreira profissional como professora do ensino primário (1.º CEB) em 1983. Já licenciada em Comunicação Social, integrou em Fevereiro de 1998, no mesmo mês em que concluiu o seu mestrado em Ciências da Comunicação, o corpo docente da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico da Guarda, onde ainda exerce funções.
Dando continuidade às investigações antes empreendidas, escolheu centrar na imprensa periódica da Beira Interior o projecto com que obteve em 2004 o grau de doutorada, tendo estudado «A Interação do Universo Político com o Campo da Comunicação» antes e durante a 1.ª República.
Num livro recentemente publicado, mais dedicado ao periodismo republicano e intitulado «A Imprensa Beirã em Tempos de Mudança», destacou a capacidade de alteração do estado social e do regime político, da Monarquia para a República, num contexto marcado por combates simbólicos em que os actores integravam elites locais e os instrumentos eram sobretudo os jornais.
O estudo do papel essencial que certos líderes assumiram através da imprensa no progresso espiritual e material da Região, na agregação de camadas mais vastas da população aos seus ideais, permitiu-lhe ter conhecimento dos principais arautos republicanos com origens na Beira. Um deles foi Feio Terenas, protagonista de ação social e política muito relevante no tempo, dos maiores a nível nacional, e, ainda assim, tão negligenciado pelas gerações vindouras.

© EDITORA FONTE DA PALAVRA – 2010 – TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

in http://www.fontedapalavra.com